O dom da vida & do amor

Trechos do livro do Dr. John Billings; O Dom da Vida e do Amor.

Hoje começo a transcrever as belas páginas que li e me encantei.

 

O DOM DA VIDA E DO AMOR 
 
O casamento é criador
 
Marido e mulher obtêm, por meio do casamento (matrimônio), o privilégio da mais estreita cooperação humana com Deus e seu poder criador. Depois de nossa criação e redenção, essa cota da criação de uma nova vida humana é o nosso mais precioso dom. Um ato de amor que ocorre no tempo exerce um efeito por toda a eternidade, ao gerar um novo ser, detentor de uma lama imortal e cujo destino é viver eternamente junto a Deus. A união sexual amorosa torna-se um eco da própria Santíssima Trindade em que o Espirito Santo é gerado pelo amor correspondido do Pai e do Filho.
… um compromisso pelo qual não mais serão duas, mas uma só vida. Vida e amor unem-se agora inextricavelmente, o amor incorruptível e fecundo do casal a refletir a união amorosa entre Cristo e a Igreja.
Amor que se aborrece do sacrifício não é verdadeiro amor. O sacrifício ou sofrimento aceitos com alegria em prol do amado ou da amada esta no coração do mistério do amor.
O Papa João Paulo II logo após sua eleição publicou a Redemptor Hominis, na qual afirma: ” O homem não pode viver sem amor. Permanece el um ser que é incompreensível para si mesmo, sua vida não tem sentido se o amor não lhe é revelado, se não encontra o amor, se não o experimenta e o torna seu, se não o participa intimamente”.
Uma criança aprende a amar sendo amada, e é na família que tem a primeira experiência de amor. Aos poucos vai descobrindo o que significa o amor, até o ponto de descobrir que ali estava esse sentimento, antes mesmo que ele tivesse consciência. Desamparada, a criança chegou ao mundo, e tanto o corpo quanto a personalidade alcançaram a maturidade somente ao receber o alimento de que necessitavam.
Trechos extraídos do livro: O dom da vida e do amor, Dr John Billings páginas 17,18 e 19.
Até mais com mais trechos do livro do dr. John Billings.

Deixe um comentário